Por que o México lê menos que em outros países?


Honestamente, você gosta de ler? Qual foi o último livro que você leu do começo ao fim? Um, dois, dez? Se houvesse mais de três, parabéns, então superasse a média anual por habitante.



De acordo com a última Pesquisa Nacional de Leitura, realizada em 2012 pela Fundação Mexicana para a Promoção da Leitura, cada mexicano lê uma média de 2,9 livros por ano. Talvez, esse número não seja muito baixo, mas se você comparar com os textos de 7,5 e 12 que são lidos na Espanha e na Alemanha, respectivamente, você perceberá que ainda temos muito o que fazer.



Para poder adotar as medidas necessárias é necessário localizar a causa do problema: Por que os mexicanos não gostam de ler? Poderíamos mencionar várias razões, mas sendo sincero, a rejeição por livros nasce em nossos anos de escola, quando eles tentam nos ensinar a importância da Literatura.



Por que exatamente nesse estágio? Porque ao invés de ler livros engraçados, que você pega ou com os quais você se identifica, você acaba lendo obras clássicas. Daqueles em que os personagens falam muito estranho e que se desenvolvem em tempos e lugares que não temos referência.



Lembre-se, isso não significa que devemos esquecer o trabalho de Miguel de Cervantes ou William Shakespeare, mas sim fazer os jovens se apaixonarem pouco a pouco.



Se eles tivessem dado a você uma escolha, O que você preferiria ler, El Cantar del Mío Cid ou a trilogia de Jogos Vorazes? A resposta é óbvia, não é? É mais fácil para sua mente recriar um mundo distópico, para se transportar para o século XIII e acompanhar o cavaleiro Rodrigo Díaz em suas aventuras.



O que precisamos é esquecer as formalidades e as idéias preconcebidas do que pode ou não ser literatura de qualidade. Em vez disso, temos que nos divertir com os livros e descobrir que cada uma de suas páginas é uma porta para um universo cheio de possibilidades.



E não podemos estar tão errados quando 7,9 milhões de professores de todo o mundo O mundo selecionou os 100 livros que todos os jovens deveriam ler e em nenhum momento mencionaram os títulos de Shakespeare, Rubén Darío ou Gabriel García Márquez. Em vez disso, a lista inclui obras de Stephen King, Carlos Ruíz Zafón, George Orwell, J. K. Rowling e Alan Moore.



E mais, aqui deixamos os primeiros 20 lugares da chamada lista TES (o portal mais importante para professores de todo o mundo)



Para ter uma ideia Quais são os títulos que estão sendo




  1. 1984, por George Orwell

  2. Matando um Mockingbird, por Harper Lee

  3. Rebelião na fazenda, de George Orwell

  4. O Senhor das Moscas, de William Golding

  5. 5. De ratos e homens, por John Steinbeck

  6. Todos os Harry Potter, por JK Rowling

  7. História de Natal, por Charles Dickens

  8. O guardião entre o centeio, de JD Salinger

  9. Grandes esperanças, de Charles Dickens

  10. Orgulho e preconceito, de Jane Austen

  11. O incidente curioso do cachorro da meia-noite, de Mark Haddon

  12. O menino de pijama listrado, de John Boyne

  13. Jane Eyre, de Charlotte Bronte

  14. Um mundo feliz, de Aldous Huxley

  15. Wuthering Heights, de Emily Bronte

  16. Frankenstein, de Mary Shelley

  17. A canção do céu, por Sebastian Faulks

  18. Um Kestrel por um Valete por Barry Hines

  19. A trilogia O Senhor dos Anéis por JRR Tolkien

  20. Danny, campeão mundial, por Roald Dahl



O que você acha? Quantos desses livros você leu?

Popular

Recent Posts

Архив блога