Voltando ao dia de Gabriela Mistral


A pretexto de 25 de maio, era o dia de Gabriela Mistral; Este importante poeta e educador chileno, que veio ao México para colaborar com a reforma educacional iniciada por José Vasconcelos e que fundou a escola que hoje leva seu nome e colaborou com a criação de várias bibliotecas públicas, além de escrever poemas para crianças ( Rounds for children, 1923 ) e textos didáticos como Readings for women, 1924. Nós assumimos a tarefa de lembrar e compilar algumas de suas melhores frases:




  • "Há beijos que pronunciam a sentença de amor condenatório por conta própria, há beijos que são dados com o olhar que há beijos que ocorrem com a memória." - Fragmento




  • "Se eu odiasse você, meu ódio lhe daria palavras, retumbante e seguro; Mas eu te amo e meu amor não confia nesta conversa de homens, tão escuro! "- Fragmento O amor que é silencioso.




  • " Eu não quero minha garota Faça a princesa dela. Com sapatos de ouro, como você joga nas pradarias? E quando a noite chega ao meu lado, ela não vai para a cama... Eu não quero que minha garota seja uma princesa."- fragmento




  • " É o desamparo noite das montanhas para o mar. Mas eu, que você balança, não tenho solidão! "-. Fragmento Não tenho solidão




  • " Eu olho para você, eu olho sem se cansar de olhar, e como menino bonito Eu vejo seus olhos mostram... "- fragmento




  • " conta tem janelas e portas da mansão; conta, se pergunta se você pode dizer... "- fragmento



Um fato curioso de Gabriela Mistral, está usando um pseudônimo literário: Lucila Godoy Alcayaga, nascido em 1889 e morreu em 1957. Agora você sabe um pouco mais sobre essa grande mulher que tem sido uma inspiração e com certeza você já ouviu falar dela sem saber quem ela era.

Popular

Recent Posts

Архив блога