A liderança latino-americana


Em 1993, entrei no campus tecnológico do campus de Guadalajara, em Monterrey, e lá, aos 15 anos, comecei a ouvir a palavra liderança, fomos educados para sermos os melhores; o resultado: muitas frustrações já que todos queriam ser os líderes e o conceito foi mal ensinado e se tornou uma luta interminável de egos.



No México acreditamos que o líder é o mais inteligente, o mais bonito, o mais corajoso, o mais forte ou o que mais grita, e tudo o que é errado, é por isso que vivemos procurando o líder perfeito e uma vez encontramos o O candidato perfeito isso nos decepciona em pouco tempo.



Mas também o resto entende mal o que é um líder, nós acreditamos que é a pessoa que resolverá todos os nossos problemas sem que façamos muito, e vemos isso refletido acima de tudo em políticos e jogadores de futebol.



Na Argentina eles acreditam que Messi, o melhor jogador do mundo, também tem que ser um líder, e essa condição não precisa necessariamente ser cumprida, até o líder de um time de futebol pode ser alguém com qualidade muito menor. para o resto, mas ele está encarregado de tirar o melhor proveito de cada um deles, o treinador, ou como em Barcelona há muitos anos, o zagueiro central Carles Puyol.



Um líder é aquele que nos levará do presente para o futuro, mas ele não deve nos carregar, nem nos carregar pela mão, ele tem que nos guiar e alcançar esse objetivo a primeira característica que o líder deve ter é "Conhecimento do assunto".



O ponto dois seria "ser um excelente comunicador" porque tem que ser explicado da maneira mais simples possível como vamos passar do presente para o futuro, para que todos entendam e saber exatamente o que eles têm que fazer para alcançar o objetivo.



Número três "compreensão das pessoas ao nosso redor" temos que entender quais são suas fraquezas e pontos fortes, como tirar o melhor proveito de cada pessoa para que elas contribuam para toda a equipe.



Quatro "Gerente de pessoal" um líder tem que ser como um maestro, ter tudo coordenado enquanto todo mundo faz o seu trabalho.



Até agora não falamos sobre os mais talentosos, ou os mais esforçados, se cada um quem faz o que tem que fazer não precisa trabalhar muito, o último ponto dessa breve entrega seria "visão". Uma vez que nosso objetivo esteja terminado, o líder irá trabalhar em um novo objetivo junto com toda a sua equipe, motivá-los a ter um novo desafio.



Podemos todos ser líderes? Sim, somos todos especialistas em uma área onde podemos orientar os outros, é um líder nascido ou feito? Tudo pode ser desenvolvido através da nossa vida, mas o mais importante é que os líderes não se tornem mais importantes ou especiais? Não, a realidade é que todos os envolvidos em um projeto têm um trabalho específico a fazer e, sem o desempenho adequado, ele falharia e o líder teria o trabalho de dirigir.



Na Argentina, eles queriam que Messi parasse os golos do adversário, defendesse e roubasse bolas, jogasse fora, colocasse o passe por um gol e, finalmente, o gol marcado, não há Argentina, ou Messi vence ou perde, e nesse caso os argentinos não entendem o que é liderança e o trabalho em equipe. Mas em muitas empresas os mesmos erros são cometidos, espero que esta coluna o ajude como um guia para melhorar sua liderança.



Até a próxima quarta-feira.

Popular

Recent Posts

Архив блога