O tempo é um presente


O tempo é um prazer e todos podem fazer o que quiserem com isso! Era apenas o meu aniversário e fiquei pensando no grande presente que é o tempo. Eu sou uma daquelas pessoas que ama comemorar anos, estou animado para ver, todos os sonhos e objetivos que eu consegui naquela época, as coisas que aprendi, as pessoas que conheci, os lugares que visitei, etc.



Estou surpreso com as pessoas que ficam deprimidas quando chegam aos 30 anos, quanto mais quando estão com quarenta anos! Acho que o tempo é uma ilusão, como um grande armazém, onde guardamos experiências. Quanto mais temos, mais rica será a nossa vida. Graças a isso, agora vivemos mais e somos melhores, também ouvi dizer que os anos 40 são os novos 30, os 30 os 20, e acho que os 20 vão querer pensar que são os seus 10 novos? Haha.



Quando somos crianças, queremos ser ótimos, precisamos urgentemente de mais anos e, quando estamos mais velhos, gostaríamos de ser mais jovens. Soa louco, certo? Ele leu outro dia, eles perguntaram a alguém, quantos anos ele tinha, e ele respondeu, tipo 20 ou 30 anos. E o questionador disse: "Não pode ser, quantos anos você tem?" E ele respondeu, eu acho que esses são os anos que eu tenho que viver, agora eu tenho 50 anos e eu acho que tenho cerca de 30 a 40 anos para viver Adorei essa perspectiva e é verdade, ao invés de contar os anos que já vivemos, teríamos que estar atentos, aqueles que nos resta para desfrutar. Eu também li, que agora que vivemos mais anos longe de estarmos tristes ou nos sentindo sobrecarregados pelos anos que nos resta, teria que ser uma grande motivação! Por exemplo, alguém de 50 anos, que pode pensar que está no crepúsculo da sua vida, se já sabemos que hoje estamos vivendo mais anos, a média é de 85-90 anos, aos cinquenta ainda teríamos 35 -40 anos, um tempo muito valioso para fazer o que você quer.



Para iniciar um novo negócio, um novo relacionamento, outra vocação, em suma qualquer outra coisa que você gosta. Comparado, se alguém tinha cinquenta anos, significa que ele tem cerca de 30 a 40 anos e ele nos convidou a imaginar que tínhamos dez anos, para pensar em tudo o que poderíamos ter vivido desde que tínhamos dez anos quando chegamos aos quarenta! É claro que teríamos experimentado muitas experiências naquela época, porque seria o mesmo tempo que teríamos agora, teríamos mais trinta anos para fazer o que mais nos empolgou.



É por isso que convido você a refletir sobre o tempo, que grande presente que você tem, independentemente da sua idade, para que você o invista da melhor forma possível. Não pense na idade como um defeito, todos nós passamos por isso e acredite em mim que longe de ser algo ruim, é um prazer ser mais você, se conhecer melhor, fazer o que você gosta e estar com quem você quer.



Importante não é a chegada, o importante é o caminho. Todos nós vamos deixar esta experiência mais cedo ou mais tarde e quando partirmos, não tomaremos nada de material, tudo ficará aqui e a única coisa que nos acompanhará será o que temos experimentado! Portanto, aqui e agora, vamos aproveitar esse grande presente que é a nossa vida, o tempo maravilhoso que nos resta, aproveitando cada momento e celebrando nossa existência.



Marta ama você.

Popular

Recent Posts

Архив блога